Entrevista: Humberto Fontova - Cientista Político

NMNL - O que você pretende com este Livro “O Verdadeiro Che Guevara e os idiotas úteis que o idolatram”?
Humberto Fontova - Meu livro tem uma missão: Desmascarar, ajudar a espalhar a verdade inteiramente documentada sobre Ernesto Che Guevara, contada primeiramente por testemunhas de seu sadismo, estupidez e covardia.

NMNL - Quem seria “O Verdadeiro Che Guevara”?
Humberto Fontova - Um sádico, imbecil e covarde. Muitos familiarizados com sua história genuína perguntam "como que um incompetente tão incurável, sádico e idiota épico consegue tal status de ícone?”A Resposta é que este psicótico e completamente vagabundo chamado Ernesto Guevara de la Sierra y Lynch teve a magnífica sorte de se associar com o maior agente de mídia da história, Fidel Castro, que – desde 1957 até hoje – sempre teve a mídia ansiosamente correndo e comendo nas sua mãos como pombos treinados. Se Guevara não tivesse se associado com Raul e Fidel Castro na cidade do México naquele verão fatídico de 1955 – Se ele não tivesse se associado com um cubano exilado na Guatemala chamado Nico Lopez um ano antes e que o apresentou ao Raul e ao Fidel Castro na cidade do México tudo aponta que Ernesto continuaria sua vida de vagabundo viajando, mendicância, vadiagem fora as mulheres, mantendo-se em cortiços e rabiscando poesia ilegível.

NMNL - Quem são “os idiotas úteis que o idolatram”?
Humberto Fontova - Os idiotas úteis estão realmente a favor de Fidel Castro . Porque foi castro que entalizou, dirigiu e promoveu a lenda do Che – mas prestem atenção aqui! – somente depois que Castro manda Che “dormir com os peixes”. Estes idiotas úteis são inúmeros, principalmente no meio acadêmico, na mídia e nos circulos de celebridades. A própria Gisele Bundchem do Brasil vem na lembrança, usando seus biquínis do Che, Benício del Toro provavelmente classifica Bundchen (que possivelmente pouco sabe sobre Che, exceto que ele uma vez posou para uma foto legal) como uma idiota útil. Mas considerando que a Revista time listou Che Guevara como um dos “Heróis e ícones do século XX “ (junto com Madre Teresa!) e você começa a entender o quanto divulgada esta a tal de “idiocracia útil”.

NMNL -
Por que os fatos que você cita em seu livro não são conhecidos do público em Geral?
Humberto Fontova - Os fatos do meu livro são bem conhecidos entre
aqueles que tiveram o azar de viver em Cuba nos entornos de 1960. Castro com maestria e com a mídia mundial e círculos acadêmicos em geral manteve estes fatos longe de uma ampla circulação. Mas você pode sentar em qualquer esquina digamos, Miami, Florida, ou New Jersey e praticamente qualquer cubano acima de, digamos, 60 anos que passa por ti estará bem familiarizado com os itens do meu livro. Além do mais, foram testemunhas como estas que me ajudaram a montar o livro.


NMNL - O que você cita no seu novo livro são fatos novos descobertos recentemente ou coisas que já eram de conhecimento de algumas  pessoas?
Humberto Fontova - O conhecimento esta, na sua maioria, confinado aos cubanos que viveram os acontecimentos. Estou grato de agir como porta voz do sofrimento deles. O romance mundial feito com a lenda da Revolução Cubana manteve estes itens completamente documentados longe do alcance da audiência. Quando o regime de Castro cair tudo do meu livro será sustentado, do mesmo modo que aconteceu com o Grande Terror de Robert Conquest’s depois que caiu a cortina de ferro. Espere para ver.



NMNL - Qual a reação que as pessoas do meio intelectual (professores, jornalistas, estudiosos) aqui do Brasil ou em outras partes do mundo tem quando leem seu livro?
Humberto Fontova - A maioria deles estão indignados. Aqui nos EUA estou seguindo em um tour de discursos em faculdades. Os alunos gostam do meu livro, os professores geralmente detestam.

NMNL - Che Guevara era racista, anti-gay, homofóbico e etc... Isso é fato? Tem algo documentado no seu livro?
Humberto Fontova - Estes preconceitos surgiram pela primeira vez no meu livro. Eu citei o próprio Che expressando-as todas as citações racistas estão completamente documentados, outros foram ouvidos por seus camaradas do início da revolução. Outros vieram do próprio diário de Che.

NMNL - Qual o conteúdo do DVD que acompanha o livro aqui no Brasil?

Humberto Fontova
- Guevara, Anatomia de um mito – um magnífico documentário (em espanhol) que entrevista muitos dos colegas rebeldes iniciais de Che, junto com muitos de suas vítimas. Usando na maioria evidencias testemunha oculares, elas
totalmente destroem – para todas as pessoas racionais – o mito do Che. Para todas as pessoas racionais...

NMNL - No seu livro contém imagens ou fotos que comprovam os fatos que você mostra?
Humberto Fontova - O livro, junto com o DVD contém, não apenas imagens, mas também vídeos de atrocidades de Che. Logo no início da revolução cubana algumas execuções foram televisionados pela mesma razão que a Al-Qaeda faz hoje em dia.


NMNL -
Você recebe muitas críticas sobre seu livro?
Humberto Fontova - As críticas vêm principalmente por ignorantes e por partidários e agentes do regime de Castro.

NMNL - Gostaria de deixar alguma mensagem aos brasileiros, jovens, adultos?
Humberto Fontova -
Jovens brasileiros ponham o dedo no olho do seu professor. Joguem as atrocidades, completamente documentadas, do Che na cara deles. Estas atrocidades você encontrará detalhadas e documentadas no meu livro!


Quer comprar o livro ou saber mais informações? 
Clique Aqui
Mais sobre o Autor http://www.hfontova.com/